Rio: 272 quartos adaptados, apesar das paraolimpíadas

Apenas 1,3% dos quartos e suítes está adaptado para receber idosos e portadores de deficiência. São 3.253 nas capitais, 36% deles concentrados no Nordeste (1.168 quartos) e 28,5% no Sudeste (929).

O Estado de S.Paulo

26 Abril 2012 | 03h04

No Rio, cidade-sede dos Jogos Paraolímpicos de 2016, somente 272 das 31.594 unidades (0,86%) estão preparadas para receber esse público. "O Brasil não é um país feito para portadores de necessidades especiais", critica o consultor em Turismo Bayard Boiteux. "Esse turista tem uma série de dificuldades quando viaja pelo Brasil." / C.T. e H.A.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.