RG com chip terá de filiação a tipo de sangue

DOCUMENTAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2010 | 00h00

O Registro de Identificação do Cidadão (RIC) - cartão com chip que começará a substituir as cédulas de RG a partir de dezembro - já tem um padrão. Nome, sexo, nacionalidade, data de nascimento, foto, filiação, naturalidade, assinatura, impressão digital, órgão emissor, local de expedição, data de expedição e data de validade são dados obrigatórios. O número do antigo RG, título de eleitor e CPF são optativos. Haverá campo que poderá trazer tipo sanguíneo e indicação de doador de órgãos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.