Revitalização já dura 11 anos

Os estudos de revitalização do Largo da Batata foram concluídos há 11 anos, mas só em maio do ano passado a Prefeitura abriu o edital de construção para a segunda fase do projeto.

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h03

O plano prevê a reforma de calçadas e o aterramento de fios em 19 vias da região. Entre elas, trechos da Avenida Brigadeiro Faria Lima e das Ruas do Sumidouro, Teodoro Sampaio, Paes Leme e Butantã.

Além disso, fazem parte da revitalização a criação de calçadões de pedestres em dois quarteirões da Rua Cardeal Arcoverde, a abertura de quatro novas ruas e a construção de um terminal de ônibus e uma garagem subterrânea.

No total, a obra deve custar R$ 140 milhões e a previsão é de que ela será inaugurada em 2013 - quase dois anos depois do último prazo prometido pela Prefeitura. Inicialmente, as obras seriam entregues no segundo semestre de 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.