Réveillon na Paulista vai ganhar segurança reforçada

Organizadores estimam que evento paulistano atraia mais de 2,5 milhões pessoas de todo o país

Ricardo Valota, do estadao.com.br

30 de dezembro de 2009 | 04h20

ROCAM e PMS fazem a segurança dos participantes do evento na passagem de ano anterior

 

O réveillon na Avenida Paulista contará com esquema de segurança composto por mais de 2500 homens. A 13ª edição do evento na mais tradicional avenida de São Paulo deverá atrair cerca de 2,5 milhões de pessoas de todo o país, na estimativa dos organizadores.

 

Veja também:

linkO que abre e o que fecha em SP durante o ano-novo

 

O palco, com 800 m², será montado na altura da Rua Ministro Rocha Azevedo, e a festa ficará restrita entre a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e a Rua Augusta. A CET promoverá interdições na Avenida Paulista a partir das 10 horas de quinta-feira, 31, para a realização da Corrida Internacional de São Silvestre e manterá os bloqueios após a prova já com vistas à realização da festa da virada de ano.

 

A PM escalou para o evento 1.200 homens, que atuarão com 69 viaturas, 47 motos e dez bases comunitárias móveis. A estes se somam outros 350 PMs da Força Tática, ROCAM e Unidades Especializadas, além de Bombeiros e Policiamento Aéreo. O esquema contará com câmeras, distribuídas ao longo da avenida, e um Posto de Comando, que funcionará em um casarão ao lado do palco.

 

Além da PM, a segurança será reforçada por outros mil homens da Polícia Civil, CET, Guarda Civil Metropolitana, Metrô, São Paulo Transportes, Prefeitura e funcionários contratados pela empresa responsável pelo evento. Atendimentos emergenciais de socorro serão realizados por seis médicos em uma tenda, com dez leitos, além de três ambulâncias UTI e 18 de remoção.

 

Todas as pessoas passarão por revista pessoal para adentrar a área da festa e não será permitido o ingresso portando fogos de artifício e latas ou garrafas de bebidas como vinhos, champanhes, cervejas e refrigerantes. A polícia recomenda que os participantes tragam apenas um documento e dinheiro suficiente para consumo durante o evento.

 

Celulares e câmeras, se possível, devem estar presos ao pulso e ser utilizados em locais protegidos. A orientação é que os participantes deem preferência ao transporte público e adquiram bilhetes de Metrô com antecedência.

 

Atrações
 

A festa de réveillon da Avenida Paulista vai ganhar a cobertura da TV Globo na virada. O apresentador será Luigi Barricelli.

 

Nos shows, subirão ao palco Pitty, Dudu Nobre, a dupla Edson e Hudson, Maria Rita, Martinho da Vila, KLP e a escola de samba Mocidade Alegre, campeã do carnaval paulista em 2009.

 

A emissora levará uma equipe de 20 profissionais, numa unidade móvel de jornalismo, e a cobertura será feita com quatro câmeras e ainda o apoio do helicóptero Globocop.

 

 

Com informações de Patrícia Villalba
Tudo o que sabemos sobre:
réveillonPaulistasegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.