RETROSPECTIVA (III) : Fatos irrelevantes que marcaram 2012

Luiza foi pro Canadá e pagou R$ 13 por um pão com queijo em voo da Gol;

O Estado de S.Paulo

29 de dezembro de 2012 | 02h04

José Serra ganhou pelo menos dois beijos na boca em campanha para prefeito;

Mário de Andrade atingiu, enfim, a marca da milésima carta publicada em livros;

Roubaram o vestido de noiva de Amy Winehouse;

O apagão foi mais frequente em Brasília que a maioria dos deputados e senadores no Congresso;

Aécio Neves não quis comentar notícia sobre filhote de tucano encontrado sem rumo no Leblon;

Como se não bastasse a Black Friday, o Brasil macaqueou a Cyber Monday do calendário americano;

Maria Sharapova deu um toco no jogador de basquete esloveno com quem iria se casar em novembro;

Foi também para o vinagre o casamento rastafári de Isabeli Fontana com o filho de Bob Marley na Igreja Ortodoxa Etíope;

O ex-campeão mundial de xadrez Gary Kasparov foi detido em Moscou depois de morder o dedo de um policial;

Pode ter pesado na separação matrimonial de Ronaldo Fenômeno a restrição alimentar dos últimos três meses dele no quadro Medida Certa, do Fantástico. O Fenômeno passou este tempo todo não comendo praticamente nada!

João Gilberto não gostou de ser chamado de neurótico em sua biografia;

Sempre à frente de seu tempo, Tupã (435 km de São Paulo) promoveu a primeira União Poliafetiva do Brasil;

A ministra Anna de Hollanda caiu de madura;

Luciano Huck botou Mike Tyson e Pamela Anderson cantando Garota de Ipanema em seu programa de TV. Acabou sendo pego pela Lei Seca;

O primeiro aniversário do movimento Ocupe Wall Street juntou menos gente em NY que a maioria dos protestos de passageiros de trem em SP;

O japonesinho que arrematou a virgindade da brasileira Catarina Migliorini em leilão na internet não chegou a bater o martelo!

A crise na polícia de SP foi maior que na BBC de Londres? Há controvérsias!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.