Resultado expõe militância e serve de alerta à oposição

O resultado da eleição do Conselho Participativo reflete a diferença que há entre PT e PSDB no que diz respeito à mobilização das militâncias. O PT, como já é tradição do partido, saiu às ruas e divulgou mais o pleito, do qual foi idealizador para suas bases, enquanto, imagino, o PSDB e as outras siglas de oposição não fizeram o mesmo na cidade.

ANÁLISE: José Álvaro Moisés, diretor do núcleo de pesquisa de políticas públicas da USP, O Estado de S.Paulo

11 Dezembro 2013 | 02h07

Não é bom para a capital que haja hegemonia de um partido dentro do conselho, porque em uma democracia é fundamental que se tenha pluralidade e diversidade. Por outro lado, é natural que o partido que faz mais esforços de mobilização da sociedade tenha mais êxito na eleição. Até porque os maiores interessados nesse tipo de iniciativa são as pessoas que têm uma vida política ativa e, consequentemente, são filiadas a alguma legenda. Isso serve de alerta à oposição para a próxima eleição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.