Restaurante mexicano sofre arrastão

É o segundo assalto à casa na Vila Olímpia em dois anos; quadrilha ameaçou matar clientes e levou celulares e carteiras, anteontem

CAMILLA HADDAD, O Estado de S.Paulo

11 Abril 2012 | 03h02

Quatro criminosos armados, entre eles uma mulher, fizeram um arrastão anteontem à noite em um restaurante mexicano na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo. O quarteto usou sacolas de plástico para recolher celulares e carteiras que estavam sobre as mesas. Funcionários contaram que o ataque aconteceu às 20h30, duas horas antes de o segurança da casa, que fica na Rua Ribeirão Claro, chegar ao trabalho.

A ação dos criminosos não deixou feridos. Os assaltantes fugiram em um Corsa Wind branco, mas a placa do veículo não foi anotada por nenhuma testemunha. Segundo funcionários do restaurante mexicano, essa é a segunda vez que o local sofre arrastão. O primeiro aconteceu no ano passado, também durante a noite.

Na ação de anteontem, os quatro ladrões chegaram a ameaçar clientes de morte caso eles não colocassem objetos de valor nas mesas. Testemunhas disseram que um dos criminosos ficou na porta do comércio vigiando caso a Polícia Militar chegasse. Outros três passavam nas mesas intimidando os clientes.

O crime foi registrado no 27.º DP (Campo Belo). Os frequentadores do restaurante que foram vítimas da ação devem ser chamados ainda nesta semana para fazer reconhecimento fotográfico de alguns suspeitos.

Onda. Só neste ano, houve oito arrastões em restaurantes, cinco dos quais em fevereiro. Os crimes se concentram na área das zonas sul e oeste que incluem os distritos de Itaim-Bibi, Morumbi, Pinheiros, Jardim Paulista e Moema.

No dia 13 de fevereiro, assaltantes levaram bolsas, carteiras e joias de clientes de um estabelecimento na Vila Nova Conceição. No dia seguinte, foi a vez de uma cantina em Pinheiros: seis homens renderam cerca de 60 clientes e funcionários do local. No Morumbi, uma temakeria foi assaltada duas vezes, uma no dia 10 e outra no dia 20 de fevereiro. Nos dias 22 e 23 de fevereiro, mais dois arrastões: o primeiro em uma lanchonete nos Jardins e outro em um restaurante no Itaim-Bibi.

No dia 1.º de março, a Polícia Militar reforçou o patrulhamento em Pinheiros, Vila Madalena, Jardins e Itaim-Bibi para conter a onda de arrastões a bares e restaurantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.