Reservatório garante água para Fortaleza e Pecém

A água do Açude Castanhão é canalizada para reservatórios que abastecem Fortaleza e o porto e complexo industrial de Pecém. Durante as audiências públicas sobre a obra, a população local argumentou que poderiam ser construídos cinco açudes menores no lugar de um grande, sem ter de removê-la dali. Técnicos do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) dividiram-se entre favoráveis e contrários. Mas a linha de argumentação que prevaleceu foi a de que só um açude grande poderia garantir o abastecimento de água da capital cearense, em caso de sequência de três anos de seca. A topografia da área onde ficava Jaguaribara foi considerada a ideal para a confluência dos rios e canalização da água por gravidade até o litoral. A barragem serviria também para evitar as cheias do Jaguaribe. / L.S.

O Estado de S.Paulo

05 Maio 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.