Reparo da Sabesp em cratera na Rua João Teodoro é encerrado

Interdição entre a Rua João Jacinto e a Avenida do Estado deve continuar até a noite, para via ser pavimentada

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

06 de novembro de 2008 | 15h42

A Sabesp concluiu às 14 horas desta quinta-feira, 6, os reparos na tubulação que se rompeu na Rua João Teodoro, na região central da capital paulista, nesta madrugada. O fornecimento de água aos clientes afetados foi retomado às 11 horas. De acordo com a assessoria da empresa, a cratera surgiu entre a Rua João Jacinto e a Avenida do Estado, porém não há informações sobre as causas do solapamento, já que a Sabesp nega que estivesse fazendo qualquer obra naquele trecho. O local, ainda interditado, deve ser pavimentado ainda nesta noite.   Foto: Werther Santana/AE   Veja também: Restrição a circulação de veículos no centro é ampliada Como o trânsito parou São Paulo e os números da frota As medidas que ajudariam a aliviar o trânsito na capital  Dossiê Estado: os números do trânsito em SP   Acompanhe a situação do trânsito rua-a-rua        Pela manhã, o bloqueio da via prejudicou o trânsito na zona leste da cidade. Como alternativa, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) indica que os veículos que estão na região do Bom Retiro e seguem para o centro acessem a Rua Barão de Ladário e prossigam pelo Viaduto do Gasômetro e, depois, entrar no acesso à Avenida do Estado. Já quem vem da zona norte, pode entrar na Rua Rua Bresser, acessando a via local da Radial Leste, sentido centro.   Por volta das 16 horas, São Paulo estava com 100 km de congestionamento, o que significa 12,4% das vias monitoradas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O indíce estava acima da média para o horário, de 10,6%. O trânsito seguia pior pela Marginal do Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, que tinha 11,5 km de engarrafamento na pista expressa, desde a Ponte dos Remédios até a região do Rio Tamanduateí.

Tudo o que sabemos sobre:
SabespJoão Teodorotrânsito em SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.