Relação com Ronilson era ‘muito próxima’

Segundo testemunha, fiscal suspeito de chefiar quadrilha representou Kassab em muitos eventos e reuniões

Artur Rodrigues, Bruno Ribeiro e Fábio Leite, O Estado de S. Paulo

16 de janeiro de 2014 | 22h58

A testemunha protegida ouvida pelo Ministério Público Estadual (MPE) afirma no depoimento que o então prefeito Gilberto Kassab (PSD) tinha um "relacionamento muito próximo" com Ronilson Bezerra Rodrigues, suspeito de chefiar a quadrilha de fiscais.

De acordo com o relato, Rodrigues teria representado Kassab em eventos. Um deles seria o encontro com representantes de empresas no restaurante Girarrosto, no Jardim Europa, zona sul da capital."Ronilson foi até o local e inteirou-se do assunto, descobrindo que na verdade era um pedido para que fosse abortada uma fiscalização de um determinado estabelecimento", diz o depoimento.

A testemunha afirma que Rodrigues "era frequentemente chamado no gabinete do prefeito e se gabava da situação". A relação entre Rodrigues e Kassab, conforme o depoimento, causava um atrito com o então secretário de Finanças, Mauro Ricardo.

Consultoria. Segundo o relato, o prefeito teria pedido para que Rodrigues desse consultoria sobre um assunto tributário para beneficiar uma empresa. "Kassab perguntou para Ronilson quanto poderia ser cobrado da empresa e Ronilson (disse que) pelo benefício poderia ser pedido milhões. O negócio foi feito e posteriormente alguém do setor beneficiado procurou Ronilson e quis entregar R$ 20 mil de comissão", afirma o depoimento. Segundo o relato, Rodrigues teria recusado o valor por considerar a quantia "pífia". Anteriormente, a investigação já havia descoberto que Rodrigues foi a um aniversário do ex-prefeito paulistano.

A reportagem não encontrou nenhum representante de Rodrigues na noite de ontem para comentar o caso.

Tudo o que sabemos sobre:
máfiaISSfiscaiskassab

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.