Reitoria da USP aceita prorrogar prazo para saída de estudantes

Alunos devem desocupar prédio até 23h desta segunda-feira

Com Agência Estado,

05 Novembro 2011 | 14h06

Terminou por volta das 13h a reunião de conciliação entre os envolvidos na ocupação da reitoria da Universidade de São Paulo (USP). A reitoria aceitou prorrogar o prazo de desocupação do prédio e os estudantes devem deixar o local até as 23h desta segunda-feira. 

A reunião teve início às 10h deste sábado no Fórum Hely Lopes de Meirelles, no centro da cidade, com a presença de representantes da reitoria e dos estudantes.

Uma notificação judicial, entregue no final da tarde desta sexta-feira aos estudantes, determinava que os alunos que permaneciam no prédio da reitoria desde a última terça-feira deixassem o local até as 17 horas de hoje. Havia autorização de uso de força policial, caso eles se recusassem.

Os estudantes da universidade reivindicam a revisão do convênio entre a reitoria e a Secretaria de Segurança Pública, pedindo a saída da PM da Cidade Universitária, e a revisão dos processos administrativos contra estudantes e funcionários da universidade. A reitoria chegou a propor que os estudantes saíssem antes para que grupos de discussão debatessem as reivindicações do movimento estudantil, mas a sugestão não foi aceita pelos ocupantes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.