Reitor já disse que faltam áreas livres

Em novembro, o reitor da USP, João Grandino Rodas, disse ao Estado que estava comprando um terreno no centro da cidade - além de alugar outros - porque havia pouco espaço livre disponível no câmpus do Butantã, apesar do imóvel abandonado. O novo prédio no centro, que deve abrigar uma unidade administrativa, está orçado em mais de R$ 11 milhões. / F.F. e R.B.

O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.