Reintegração termina em confronto em Piracicaba

Sem-teto atearam fogo em barricadas e atiraram paus e pedras contra a polícia na tentativa de evitar o despejo

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

16 Junho 2015 | 18h51

SOROCABA - Moradores entraram em confronto com a Polícia Militar durante a reintegração de posse de uma área particular, nesta terça-feira, 16, em Piracicaba. Os sem-teto atearam fogos em barricadas e atiraram pedras e paus contra a PM na tentativa de evitar o despejo. Os policiais usaram bombas e balas de borracha para conter os manifestantes. O assessor de um vereador ficou ferido e foi medicado numa unidade de saúde do município. 

Cerca de cem famílias invadiram a área, no Jardim Monte Líbano, em março deste ano. A Justiça deu liminar em ação de reintegração de posse movida pelo proprietário, mas os sem-teto se negaram a fazer a desocupação voluntária. O juiz havia autorizado requisição de força policial, caso fosse necessário o despejo forçado.

Cerca de 150 policiais militares participaram da ação e pediram apoio ao Corpo de Bombeiros para apagar o fogo. Uma máquina foi usada para demolir os barracos. Os pertences foram levados para um galpão providenciado pelo dono do imóvel.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Piracicaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.