Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Reintegração bloqueia rua, altera trajeto de ônibus e tem 12 detidos

10 foram levados a delegacia por desobediência, uma por desacato e outra por porte drogas; prédio no centro abrigava 300 sem-teto

Felipe Palma, Felipe Resk e Raquel Brandão, O Estado de S. Paulo

17 Junho 2015 | 08h24

Atualizado às 13h52

SÃO PAULO - A reintegração de posse de um edifício na Rua Coronel Xavier de Toledo, na região central da capital paulista, terminou com 12 pessoas detidas na manhã desta quarta-feira, 17. Dez delas por desobediência, uma por desacato e outra por porte de drogas. A ação também interditou a rua e afetou a circulação de 35 linhas de ônibus, segundo informações da São Paulo Transporte (SPTrans).

O prédio de dez andares, onde moravam cerca de 300 pessoas, foi invadido em abril. Apesar de o processo na Justiça ser contra o movimento Frente de Luta por Moradia (FLM), a Central de Movimentos Populares (CMP) diz ser responsável pela ocupação.

A Polícia Militar chegou ao local por volta das 5h30 para cumprir a ordem de despejo. Por volta das 7h30, o clima era de tensão. Os sem-teto criaram barricadas com móveis e outros objetos, o que dificultou a entrada dos PMs. "As famílias criaram formas de resistência, mas da forma mais pacífica possível", afirma a representante da CMP Miriam Hermógenes. Os ocupantes também protestaram jogando papéis do alto do prédio, mas não houve confronto.

Por causa da reintegração, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) precisou interditar totalmente a rua entre o viaduto do Chá e a Rua Sete de Abril e 35 linhas de ônibus municipais foram desviadas. Duas pessoas tentaram furar o bloqueio e acabaram detidas. Uma delas por desacato e a outra por porte de drogas. Uma mulher também chegou a ter as mãos algemadas, mas foi liberada logo em seguida. 

Quando os policiais do 7.º Batalhão de Polícia Militar/Metropolitano (7.º BPM/M) e do Choque conseguiram entrar no prédio, havia cerca de 40 pessoas no 9.º andar do edifício. Segundo os ativistas, o comandante da operação solicitou o documento de identidade de todos os presentes para fazer ocorrência.

Dez pessoas acabaram detidas por desobedecer a ordem de saída dada pelos policiais. Todos os detidos foram encaminhados ao 3º Distrito Policial (Campos Elísios), onde devem assinar um termo circunstanciado. 

REINTEGRAÇÃO DE POSSEPolícia Militar acompanha reintegração de posse no centro de São Paulo nesta manhã.Repórter Felipe Palma. Posted by Rádio Estadão on Quarta, 17 de junho de 2015

O edifício é propriedade da empresa Administração e Representações Telles S/A, que solicitou à Justiça a reintegração de posse. O pedido foi aceito pela juíza Jacira Jacinto da Silva, da 16ª Vara Cível do Foro Central Cível.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirma que a PM participou de reuniões com moradores, Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), Subprefeitura da Sé e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para que a reintegração seja pacífica.

Linhas que circulam pela Rua Coronel Xavier de Toledo:

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.