Reintegração de posse é feita amistosamente em Campinas

Com a chegada da polícia para a reintegração de posse em um terreno de 120 mil m² localizado na Avenida das Amoreiras, no Jardim Petrópolis, em Campinas, a 100 quilômetros da capital paulista, centenas de famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) começaram a desmontar seu barracos.  Algumas equipes da Força Tática do 47º Batalhão de Policiamento do Interior (BPM/I) chegaram ao local por volta das 5h30 e isolaram a área, no Jardim Petrópolis, desviando o tráfego de veículos na região. O clima entre os sem-teto e a PM é de tranqüilidade. Mas a liderança do movimento prometeu resistir à ação policial caso as famílias sejam retiradas à força do terreno, de 120 mil metros quadrado. A área foi invadida no último dia 28 de março por cerca de 1.200 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) do Estado. Os invasores exigem da Prefeitura de Campinas construção de casas populares e, caso sejam retirados, que fiquem em um local provisório, pois, segundo o MTST, essas famílias não teriam para onde ir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.