Régis tem interdições após deslizamentos causados pelas chuvas

Apesar dos dez pontos de queda de terra, rodovia que liga São Paulo ao Paraná não tem trânsito nesta manhã

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

14 de janeiro de 2008 | 09h44

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na manhã desta segunda-feira, 14, que as fortes chuvas na região sul do Estado de São Paulo provocaram deslizamento de terra em dez pontos da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que tem interdições em alguns trechos.   Chuvas causam 4 mortes e mais 2 cidades decretam emergência Veja os pontos afetados por queda de barreiras no litoral de SP    Em Barra do Turvo, a terra invadiu a pista na altura dos km 521,5, 521,7, 546 e 547, no sentido Paraná, e nos km 564,1, 545 e 522,5, no sentido capital paulista. Na cidade de Cajati, as quedas de barreira ocorreram na altura do km 497, no sentido Paraná, e 499, sentido capital.   No município de Registro, a Régis foi interditada na altura do km 430, no sentido capital. Segundo a PRF, os deslizamentos, que ocorreram na noite de domingo, 13, não prejudicavam a circulação na Régis na manhã desta segunda.   Na manhã desta segunda, a Rodovia Padre Manuel da Nóbrega tinha trânsito bom e boas condições de visibilidade, segundo a Ecovias. No domingo, a rodovia ficou fechada por 11 horas entre Peruíbe, cidade mais castigada pelo mau tempo, e Itariri.   Texto alterado às 11 horas para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasestradas de SPdeslizamentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.