Régis e Padre Manuel da Nóbrega seguem congestionadas

Já no Sistema Anchieta-Imigrantes, o trânsito era normal no sentido da Baixada Santista

12 de outubro de 2007 | 18h51

Dentre as principais rodovias de São Paulo, a Régis Bittencourt e a Padre Manuel da Nóbrega eram as únicas em que o excesso de veículos ainda gerava lentidão no fim da tarde desta sexta-feira, 12, feriado de Nossa Senhora Aparecida. A primeira estava congestionada entre os quilômetros 336 e 335, em Juquitiba, no sentido Paraná, e a segunda, do quilômetro 274 ao 292, entre São Vicente e Praia Grande. Às 17h30, o trânsito era normal no Sistema Anchieta-Imigrantes, que operava no esquema 7 por 3 - com sete pistas no sentido da Baixada Santista e três no sentido da capital. Da zero hora de quinta-feira até as 17 horas desta sexta, 213 mil veículos usaram o sistema rumo ao litoral, sendo 5.258 deles na última hora. Segundo a Ecovias, até o momento, não houve acidente graves.  O Sistema Anhangüera-Bandeirantes registrou entre zero hora de quinta e 17 horas desta sexta o tráfego de 161 mil veículos no sentido do interior paulista e 107 mil no sentido da capital. No período, ocorreram 30 acidentes, com 17 pessoas feridas e uma criança de 7 anos morta. Este último caso aconteceu por volta das 11h30 de quinta, após um Mitsubishi Pajero capotar na altura do quilômetro 138 da Bandeirantes, na divisa de Limeira com Santa Barbará D'Oeste. O pai do garoto sofreu ferimentos leves.  As rodovias Castello Branco e Raposo Tavares receberam 96.377 e 21.629 veículos no sentido interior, respectivamente, da zero hora de quinta, 11, às 17 horas desta sexta. Na Raposo, ocorreram os acidentes mais graves. Em um deles, às 17h30, um ciclista morreu após ser atropelado na altura do quilômetro 108, em Araçoiaba da Serra. Pouco depois, às 18h42, outro ciclista foi atropelado na altura do quilômetro 71, em Alumínio, e foi encaminhado em estado grave ao Hospital Regional de Sorocaba.  

Tudo o que sabemos sobre:
Estradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.