Régis Bittencourt é totalmente liberada

Sem-teto haviam bloqueado pistas com pneus incendiados na região de Taboão da Serra

Solange Spigliatti, Estadão.com.br

22 de setembro de 2010 | 13h10

SÃO PAULO - As pistas dos dois sentidos da rodovia Régis Bittencourt já foram liberadas e as equipes da Concessionária, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros continuam no local para acompanhar a situação. Há dezesseis quilômetros de lentidão, do km 285 ao km 269, no sentido São Paulo, e um quilômetro de lentidão, a partir do km 269 no sentido Curitiba, ambos na região de Taboão da Serra, reflexo da manifestação que interditou a rodovia.

 

Um grupo de sem-teto interditou totalmente os dois sentidos da Rodovia na manhã desta quarta-feira, 22, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. Os manifestantes colocaram pneus na pista e atearam fogo, na altura do km 269, na região de Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo, por volta das 10 horas. Às 10h30 o grupo permanecia no local, provocando congestionamento nos dois sentidos.

 

No trecho oeste do Rodoanel, integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) interditaram todas as faixas da via no quilômetro 23 para uma manifestação. As faixas foram liberadas por volta das 11h30, de acordo com a concessionária CCR.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.