Régis Bittencourt é liberada parcialmente após protesto em SP

Grupo ateou fogo em pneus para exigir a construção de uma passarela no local

estadão.com.br, atualizado às 00h09

05 Abril 2012 | 19h35

SÃO PAULO - Um protesto de moradores bloqueou a Rodovia Régis Bittencourt no dois sentidos na altura do km 287, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, nesta quinta-feira, 5. O grupo ateou fogo em pneus para exigir a construção de uma passarela no local.

Policiais militares e rodoviários federais foram acionados às 18h30 para atender a ocorrência. As equipes tentam negociar o fim do tumulto e a liberação das pistas com os cerca de 200 manifestantes.

Às 20h15, a pista sentido São Paulo na altura do km 287 e as faixas na altura da praça de pedágio no km 299 foram liberadas. Ainda assim, o motorista encontra 2 km de lentidão em cada local.

Segundo a concessionária Autopista, empresa responsável pela estrada, a via tem neste momento três pequenos pontos de congestionamento sentido Curitiba, entre os km 281 e 347, sentido Curitiba.

Por causa do protesto, a praça de pedágio da rodovia foi fechada na altura do km 299, também em Itapecerica da Serra, sentido capital, para evitar o excesso de veículos na região do protesto.

Mais conteúdo sobre:
protesto passarela Itapecerica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.