Gazeta do Parecis
Gazeta do Parecis

Reféns são usados como escudos em assalto em MT

ESPECIAL PARA O ESTADO / CUIABÁ

Fátima Lessa, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2011 | 00h00

Seis homens com roupas camufladas e encapuzados assaltaram na tarde de anteontem a agência do Banco do Brasil de Campo Novo do Parecis, em Mato Grosso. Na fuga, o bando levou como reféns dez pessoas, entre funcionários e clientes. Ninguém foi preso. Os reféns foram soltos no caminho. O único ferido foi um cliente que sacava dinheiro do caixa eletrônico na hora da invasão. Ele levou um tiro na perna.

A ação foi rápida. Os bandidos chegaram em um furgão, quebraram vidraças a tiros e fizeram vários disparos. A agência foi cercada pela polícia, mas os assaltantes fugiram com os reféns em um Montana e em um Doblò.

Segundo a polícia, os bandidos podem ter levado R$ 1,5 milhão. Policiais suspeitam que o grupo tenha recebido a informação do dinheiro movimentado na agência no último dia do mês, quando a prefeitura paga servidores. A agência já havia sido roubada no fim do ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.