Reestruturação do Denarc começa em dez dias

Sobre as prisões dos agentes do Denarc, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse, na manhã de ontem, que o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, está apto para "fazer uma limpeza" na Polícia Civil e "tirar maus policiais". "Policial aliado de bandido é bandido ao quadrado. Xadrez neles", disse. O governador afirmou que deve haver "tolerância zero" com qualquer tipo de desvio.

Luciano Bottini Filho, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2013 | 02h03

Após reunião com Alckmin na tarde ontem, Grella afirmou em pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes que foram definidas diretrizes para a mudança "nos mecanismos de controle" do Denarc, cuja reestruturação será divulgada em até dez dias.

Grella afirmou que qualquer especulação sobre troca de cargos no órgão ainda é "prematura". Ontem, a pasta divulgou na internet as fotos dos seis policiais procurados pela Corregedoria da Polícia Civil (acima).

Grella classificou o grupo de policiais suspeitos como "uma pequena minoria que trabalha contra a sociedade". "Conclamamos a população a nos ajudar na localização desses policiais que maculam a imagem da Polícia Civil", disse o secretário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.