Redução de velocidade no eixo Braz Leme-Pacaembu-Rio Branco

Medida entre em vigor nesta segunda-feira; CET uniformizou a velocidade no eixo em 60km/h

Priscila Trindade, Central de Notícias

23 de maio de 2011 | 09h21

SÃO PAULO - A partir desta segunda-feira, 23, passa a valer a velocidade de 60 km/h na Avenida Braz Leme, Ponte da Casa Verde, Avenida Doutor Abraão Ribeiro, Avenida Pacaembu, Avenida Rudge, Viaduto Engenheiro Orlando Murgel e Avenida Rio Branco.

A Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (CET-SP) decidiu uniformizar a velocidade no trecho para proporcionar maior segurança aos que circulam pelas vias. A velocidade também será fixada em 60km/h na Avenida Jornalista Roberto Marinho a partir desta segunda. Com a nova regulamentação de velocidade, a CET estima reduzir em 20% o risco de acidentes.

Foram colocadas placas de regulamentação de velocidade e advertência, além de faixas informativas para alertar os motoristas. Os radares estão funcionando de acordo com a nova regulamentação.

No ano passado, a CET já havia padronizado a velocidade nas avenidas 23 de Maio e Rubem Berta, vias que fazem parte do Corredor norte-sul. A redução da velocidade de 80 km/h para 70 km/h em fevereiro de 2010 resultou na redução de 63% nos acidentes com motos no horário de pico da manhã e de 50% no horário de pico da tarde. A CET padronizou também em 60 km/h a velocidade no Corredor Leste-Oeste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.