Recursos vão para recuperação de dependentes

Em caso de aprovação do projeto do presidente Mujica, os impostos arrecadados com a venda dos cigarros de maconha seriam destinados ao financiamento dos tratamentos para recuperação dos dependentes de drogas. A intenção, segundo o governo, não é transformar o Uruguai em uma versão sul-americana da Holanda, país onde a comercialização de determinadas drogas está liberada também para os turistas. No caso uruguaio, o projeto, segundo as informações preliminares, implicaria uma venda destinada exclusivamente aos cidadãos residentes. / A.P.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.