Reconhecimento

THAYS MARTINEZ

, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2010 | 01h00

ADVOGADA, FUNCIONÁRIA DO JUDICIÁRIO PAULISTA, DEFICIENTE VISUAL

"Apesar de ter passado em concurso, estava encostada no Tribunal, porque ninguém sabia com o que uma pessoa que não enxerga poderia trabalhar. Quando me viu sem função, Malheiros me chamou para trabalhar em seu gabinete. Instalamos softwares para redigir ementas em braile e chegou-se a criar uma sala só para atender advogados e funcionários cegos. Demonstração do quanto ele acredita, não no meu caso específico, mas no ser humano."

PAULO AFONSO GARRIDO DE PAULA

PROCURADOR, COAUTOR DO PROJETO QUE CRIOU O ECA, PROFESSOR DA PUC-SP

"É absolutamente comprometido com a área em que atua, com os Direitos Humanos e da Infância. Pelo que se percebe nos corredores da faculdade, é também querido pelos alunos, por causa da paixão que transmite ao falar de seus temas. Na coordenação da área da Infância no Judiciário paulista também mostra poder de mobilização, especialmente numa área que foi criada há pouco tempo dentro do Tribunal."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.