Reclamações por celular crescem 24,5% na CPTM RANKING

Porcentual de SMSs enviados em 2011 e 2012

O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2013 | 02h02

Passageiros da Companhia Paulista dos Trens Metropolitanos (CPTM) estão usando cada vez mais o serviço de denúncia por mensagem de celular. O número de reclamações registradas em 2012 foi 24,5% maior do que no ano anterior, de acordo com a companhia.

Em 2011, a Central de Segurança da CPTM recebeu 17.045 reclamações por meio do chamado SMS Denúncia, criado em 2008. No ano passado, foram 21.216 atendimentos.

As denúncias de poluição sonora continuam liderando as demandas. Ao todo, 21,6% das mensagens de celular enviadas para a CPTM envolvem passageiros que ouvem músicas com volume alto ou fazem muito barulho.

O comércio ambulante ficou em segundo lugar na lista de reclamações, com 15,1% das mensagens. Em terceiro lugar, com 14,9%, está o que a CPTM classifica como comportamento inadequado do usuário.

Nesta categoria, entram as reclamações por passageiros que sentam no chão do trem, põem os pés nos bancos e não dão preferência a mulheres e idosos.

A CPTM informou que, para coibir a incidência dessas práticas, "incentiva a boa convivência entre os usuários, por meio de avisos sonoros nos trens e estações", e inclui o tema em suas campanhas de conscientização. Além disso, tem agentes de segurança que circulam nos trens e plataformas."

Quem quiser fazer uma denúncia deve mandar uma mensagem de celular para o número (11) 97150-4949. A CPTM recomenda que o passageiro informe as características físicas do infrator, a linha onde está viajando, o número do carro, o sentido do trem e a próxima estação.

Metrô. O número de reclamações feitas por passageiros do Metrô por meio do SMS também aumentou nos dois últimos anos, segundo a companhia. O total subiu de 50.577, em 2011, para 70.050, em 2012. O número do serviço é (11) 97333-2252. / T.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.