Rebouças, 23 e 9 de Julho serão recapeadas

Segundo Prefeitura, obras devem durar um mês e devem incluir também outras 56 vias da cidade

, O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2010 | 00h00

A Prefeitura de São Paulo anunciou ontem que vai recapear 59 vias da cidade a partir da próxima semana. Serão pavimentados 43,5 quilômetros - o equivalente a 0,25% das vias da capital. Entre elas, estão parte das Avenidas 23 de Maio, na Vila Mariana, na zona sul, da Rebouças, em Pinheiros, na zona oeste, e da 9 de Julho, no centro.

Segundo a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, as obras vão durar 30 dias e receberão investimento de R$ 20 milhões. Com isso, o total de vias recapeadas neste ano chegará a 284 quilômetros - 1,65% dos 17,2 mil quilômetros de vias da cidade. Eugênio Pavicic, superintendente das usinas de asfalto da capital, afirma que o número é "excelente". "Nos primeiros sete meses, já supera o ano de 2007, quando foram recapeados 220 quilômetros (1,27% do total). É uma marca excelente", diz.

Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP) e especialista em transporte urbano, Silvana Maria Zioni discorda que a meta seja "excelente". "Esse é um trabalho de rotina. Daqui a pouco, vão anunciar o desentupimento de bueiros e a varrição de ruas como se fosse uma obra ou projeto", diz. Segundo ela, mesmo com o aumento das vias recapeadas, o volume não é suficiente. "É muito pouco em comparação com o total de ruas da capital."

Chuvas. O governo municipal vai investir R$ 120 milhões até o fim do ano em recapeamento. A maior parte deve ser aplicada até outubro, antes do início do período de chuvas, segundo Pavicic. "Nessa época, o trabalho é mais produtivo", diz.

As vias estão incluídas no plano de recapeamento da Prefeitura, elaborado a partir de um estudo da Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp). De acordo com Pavicic, a escolha das ruas foi feita a partir da demanda da população, que chega por meio das subprefeituras, do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), do telefone 156 e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

O recapeamento será distribuído por 22 subprefeituras da cidade. Guaianases será a mais beneficiada, com 4,3 quilômetros de recapeamento. O superintendente afirma que as intervenções mais importantes deverão ser feitas na 23 de Maio e na Washington Luís. "São as vias com maior metragem quadrada de trabalho. Serão 85 mil metros quadrados na Washington Luís e 68 mil metros quadrados na 23 de Maio." O cronograma será anunciado em breve e as intervenções no trânsito, divulgadas de acordo com o andamento do trabalho. / FELIPE GRANDIN

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.