Rebelião acaba sem feridos depois de 30h

Depois de mais de 30 horas, acabou ontem a rebelião na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O agente penitenciário Renato de Paula e a professora Eliana da Silva, que eram mantidos reféns, foram libertados sem ferimentos. A principal reivindicação dos presos, de troca da direção do presídio, não foi atendida. A unidade é a mesma onde estão o goleiro Bruno e Macarrão, acusados da morte de Eliza Samudio, mas eles ficam em outro pavilhão.

O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.