Rapaz mata namorada e se joga em trilho da CPTM, na Grande SP

Jovem também atacou os pais da estudante; após o crime, ele se atirou na linha férrea da estação Campo Limpo e morreu ao ser atingido por um trem

Ricardo Valota, do estadão.com.br

02 de julho de 2010 | 14h44

SÃO PAULO - Uma discussão em família terminou em tragédia, por volta das 21 horas de quinta-feira, 1, na residência nº 697 da Rua Bauru, no bairro Botujuru, em Campo Limpo Paulista, região noroeste da Grande São Paulo.

 

Armado com uma faca, Rodrigo Moraes dos Santos, de 28 anos, durante um bate-boca, atacou a namorada, Maria Liliane da Silva, de 21 anos, atingindo vários golpes na estudante. O pai da jovem, José Honorato, de 58 anos, e sua esposa tentaram intervir para defender a filha e acabaram feridos também, mas sem gravidade.

 

Os pais de Liliane e a garota foram encaminhados por ambulâncias da Prefeitura para o pronto-socorro municipal central, onde a jovem acabou morrendo. Os pais dela passam bem.

 

Ainda muito transtornado com o ocorrido, Rodrigo fugiu e se jogou na frente de um trem que passava pela linha férrea da estação do Campo Limpo da CPTM, morrendo no local. O caso foi registrado na delegacia da cidade. A Polícia Civil não deu detalhes sobre o motivo da discussão ocorrida dentro da casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.