Rapaz defende morador de rua e é agredido

O estudante de desenho industrial Vítor Suarez Cunha, de 21 anos, foi espancado por cinco jovens ao tentar impedir que o grupo agredisse um morador de rua na Ilha do Governador (zona norte do Rio), por volta de 1h de ontem. Cunha sofreu várias fraturas no rosto, está internado em uma clínica e deve ser submetido a cirurgia. Um amigo de Vítor, que presenciou a agressão, prestou depoimento à polícia e reconheceu dois dos agressores. Eles negam a agressão ao mendigo. Ninguém foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.