Rapaz de 24 anos é suspeito de matar o próprio avô em Mogi das Cruzes

Jovem foi indiciado por homicídio qualificado; investigação corre em segredo de justiça

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

05 Outubro 2011 | 20h03

SÃO PAULO - O empresário Gerhard Kaltmaier, de 81 anos, foi encontrado morto em seu escritório na última nesta sexta-feira, 30, em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo. Seu neto, Lothar Gustav Hoehne Kaltmaier, de 24 anos, é o principal suspeito do crime e foi indiciado por homicídio qualificado consumado.

No dia do crime, policiais militares foram chamados, mas quando chegaram ao local a vítima já estava morta com ferimentos provocados por objeto cortante. Uma testemunha relatou que o jovem foi até o escritório do empresário para conversar e que logo em seguida escutou barulhos vindos da sala. Ela encontrou Lothar no corredor, mas o rapaz fugiu em um carro.

O caso foi registrado no 3º DP de Mogi das Cruzes. Foi feita perícia no local do crime e a investigação corre em segredo de justiça.

Mais conteúdo sobre:
avô morte neto assassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.