Ranhuras começam a ser feitas na quarta-feira, diz Infraero

Empresa garante que obra começa a ser executada no aeroporto mesmo em caso de chuvas

Tânia Monteiro, do Estadão,

24 de julho de 2007 | 11h36

As obras de ranhuras - o chamado grooving - na pista principal do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, terão início na quarta-feira, 25, informou nesta terça a assessoria de imprensa da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero).  A Infraero garante que mesmo em caso de chuvas em São Paulo, o serviço será executado. Foi informado inicialmente que as ranhuras começariam a ser feitas a partir do dia 29. Apesar da antecipação, a Infraero diz que "não haverá problemas" e que a instalação do grooving ser concluída em 20 dias, porque uma força-tarefa vai ser empregada para executar o serviço. Normalmente, segundo a Infraero, seria necessário o dobro do tempo. O trabalho será executado durante a madrugada, entre 23 e 6 horas, para não atrapalhar as operações da pista auxiliar. Paralelamente, a Infraero está executando reparos na pista principal do aeroporto. A Polícia Federal retirou 14 blocos de 20 centímetros de largura da pista, para fazer uma análise da aderência. Esses blocos terão que ser refeitos agora, num trabalho "artesanal", segundo a Infraero. Ao contrário das ranhuras, o trabalho de recuperação não poderá ser executado sob chuva forte.       

Tudo o que sabemos sobre:
vôo 3054Congonhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.