Raio mata irmãos no interior de SP

Eles faziam uma cerca em Rifaina quando foram atingidos pela descarga elétrica

Rene Moreira, Especial para o Estado

21 Abril 2015 | 16h50

FRANCA - Foram sepultados na tarde desta terça-feira, 21, em Franca (SP), os corpos de dois irmãos mortos por um raio. Eles colocavam cerca no pasto de uma fazenda em Rifaina (SP) quando sofreram a descarga elétrica. José Aparecido Antunes, de 71 anos, e Sebastião Paulo Antunes, de 57 anos, estavam finalizando o trabalho quando foram atingidos.

De acordo com a Polícia Militar, os irmãos colocavam o arame farpado na cerca, por volta das 17h30 de segunda-feira, 20, quando ocorreu a tragédia. Porém, como estavam sozinhos no local, acabaram localizados por funcionários da fazenda mais de uma hora depois. Eles estranharam a demora dos dois de retornarem e resolveram ver o que acontecia.

Os corpos foram periciados no IML (Instituto Médico Legal), mas o laudo com mais detalhes sobre as mortes ainda será divulgado. A propriedade rural fica localizada às margens da rodovia Osvaldo Gilberto, que liga Rifaina a Igarapava (SP). Os irmãos eram muito conhecidos pela habilidade em fazer cercas.

Temporal. No momento, chovia forte na região e testemunhas contaram ter ouvido muito barulho de raios e trovões. A principal hipótese é de que o raio teria caído perto deles e corrido pelo arame, fazendo com que a descarga elétrica atingisse os dois.

Familiares contaram que eles saíram de Franca havia uma semana e estavam a poucos minutos de terminar o serviço e retornar à cidade.

Mais conteúdo sobre:
raio interior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.