Raio interdita linha da CPTM

A chuva forte que atingiu a capital na tarde de ontem provocou 12 pontos de alagamento e suspendeu o funcionamento da Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), entre 16h e 17h30.

O Estado de S.Paulo

02 de fevereiro de 2013 | 02h03

A interdição foi causada por raios que atingiram os cabos de alimentação dos trens em Santo Amaro, na zona sul, entre as Estações Santo Amaro e Granja Julieta - o ramal da CPTM liga Osasco ao Grajaú. O problema provocou transtornos na Estação Berrini, onde passageiros eram orientados a usar ônibus. De acordo com a companhia, o sistema foi restabelecido e a circulação, retomada, às 17h30.

O trânsito também foi prejudicado: às 18h, havia dois pontos de alagamento intransitáveis na Avenida Professor Francisco Morato, sentido centro, e nos dois sentidos da Radial Leste, na altura do Viaduto Guadalajara. A Marginal do Tietê tinha 12 km de lentidão no sentido da Rodovia Castelo Branco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.