Radial Leste tem trânsito ruim no segundo dia sem Metrô em SP

Às 7h30, cidade registra 83 km de lentidão; rodízio suspenso e carros com placas 9 e 0 circulam a qualquer hora

Milton F. da Rocha Filho, da Agência Estado,

03 de agosto de 2007 | 07h45

 No segundo dia de greve dos metroviários e com a suspensão do rodízio de veículos, São Paulo tinha 83 km de trânsito lento às 7h30 desta sexta-feira, 3. O pior ponto de lentidão, mais uma vez, era na zona leste da capital paulista, onde a Radial Leste tinha trânsito lento em toda sua extensão.  São Paulo enfrenta segundo dia de caosVeja o mapa e as linhas com trens parados  Como fica o transporte nesta sexta-feira  A região é a mais atingida pela greve, já que a Linha 3-Vermelha não opera e uma paralisação de motoristas de ônibus também complica a situação do passageiros. Segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros tinha trânsito lento entre as pontes do Jaguaré e Cidade Universitária. No sentido Castelo Branco, o trânsito era ruim entre as pontes Ari Torres e Eusébio Matoso. Com a suspensão do rodízio, carros com placas final 9 e 0 podem circular no centro expandido em qualquer horário. Na quinta, 2, o rodízio também foi suspenso por conta da greve dos metroviários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.