Quinta suspeita de integrar o bando é presa

Mais uma suspeita de pertencer à gangue das loiras foi presa ontem. Priscila do Amaral, de 32 anos, foi detida na Aclimação, centro de São Paulo, durante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva. A gangue das loiras é acusada de cometer ao menos 50 sequestros relâmpagos de 2008 até março deste ano, quando foi presa a primeira suspeita, Carina Geremias Vendramini, de 25 anos. Priscila é a quinta presa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.