Queda de raio mata dois trabalhadores rurais na Grande São Paulo

Queda de raio mata dois trabalhadores rurais na Grande São Paulo

Outros 3 homens ficaram feridos, mas já foram liberados do hospital; em uma semana, 7 pessoas morreram em 3 casos no Estado

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

06 Janeiro 2015 | 13h17

Atualizado às 14h16

SÃO PAULO - Dois homens morreram e outros três ficaram feridos após a queda de um raio em uma região rural de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 5. Segundo informações da Polícia Civil, as vítimas trabalhavam em uma plantação, próximo à Estrada Doutor Marcial de Holanda, cerca de 6 quilômetros de distância do centro, antes de serem atingidos.

O temporal começou por volta das 14h40. Por causa da forte chuva, o grupo ainda tentou se abrigar em uma área próxima a um galpão, mas ainda assim ficou desprotegido. Atingidos pela descarga elétrica, os trabalhadores rurais Diego Roberto Galvão, de 18 anos, e Luís Fernando Sales, de 28, morreram no local.

Todas as vítimas foram encaminhadas para o Pronto-Socorro de Embu-Guaçu. Um dos feridos, um homem de 57 anos, chegou a receber atendimento médico mas foi liberado ainda na tarde da segunda.

Os outros dois atingidos, Adauto Alberto Jesus dos Santos, de 19 anos, e Jean Valdevino dos Santos, de 21, precisaram ficar internados, apesar de não correram risco de morte. Por volta das 10h desta terça-feira, 6, eles receberam alta do hospital.

Outros casos. Na segunda-feira da semana passada, 29, quatro pessoas morreram, entre elas uma grávida de cinco meses, depois de serem atingidas por um raio em Praia Grande, no litoral paulista. A descarga elétrica caiu sobre um quiosque na beira da praia.

Cinco dias depois, um seringueiro de 28 anos também foi vítima de um raio enquanto estava trabalhando. O caso aconteceu em Riolândia, na região de São José do Rio Preto, no norte do Estado de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
Embu Guaçu São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.