Queda de ponto de ônibus mata duas idosas no litoral

Acidente ocorreu quando o coletivo se aproximou de estrutura para desembarque de cadeirante e derrubou a parte de cima do abrigo

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para o Estado

10 Julho 2016 | 20h52

SANTOS - O desabamento de um ponto de ônibus matou duas idosas, de 70 e 74 anos, na tarde deste domingo, 10, em São Vicente, no litoral sul de SP. As mortes foram confirmadas pela Secretaria Municipal de Saúde, que não informou a identidade das vítimas.

O acidente aconteceu por volta de 16h30 na Avenida Ayrton Senna da Silva, na Praia do Itararé, em direção a Santos, próximo ao galpão onde é realizada a Festa do Morango, a poucos metros de onde funciona o Teleférico de São Vicente. 

 

Segundo a polícia, um ônibus Viação Piracicabana (prefixo 7183) - que presta serviço para a EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbanos) em uma linha intermunicipal da Baixada Santista - se aproximou do ponto para uma passageira cadeirante descer, manobra habital para veículos acessíveis, e o retrovisor direito do ônibus atingiu a parte de cima do ponto, que desabou. O espelho foi arrancado

Algumas pessoas que presenciaram o acidente ajudaram a remover a peça de concreto (com 2 metros de comprimento e 1,5 metro de largura) que ficou sobre as vítimas.

 

Agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atenderem as duas mulheres no local e encaminharam as idosas para Hospital Municipal de São Vicente (antigo CREI), onde ambas deram entrada com quadro de parada cardíaca e chegaram a ser reanimadas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram pouco antes de 18h.Muito abalado, o motorista foi levado pela Polícia Militar à Delegacia Sede de São Vicente, para prestar depoimento. Nenhum passageiro do ônibus ficou ferido.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.