Queda de muro mata dois operários em Campinas

Acidente aconteceu no bairro São Bernardo e, segundo outros trabalhadores, local estava encharcado por causa das chuvas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

27 de outubro de 2015 | 15h41

SOROCABA - A queda do muro de um prédio em obras soterrou cinco operários na manhã desta terça-feira, 27, em Campinas, interior de São Paulo. Dois trabalhadores que ficaram completamente cobertos pelos escombros morreram no local, segundo a Defesa Civil Estadual.

Outras três vítimas foram resgatadas feridas, mas com vida, pelo Corpo de Bombeiros. Uma delas, em estado grave, foi levada para o Hospital de Clínicas da Unicamp por um helicóptero da Polícia Militar. A outra foi levada de ambulância para o Hospital Ouro Verde e a terceira, para o Pronto-Socorro São José. 

O acidente aconteceu no bairro São Bernardo e, segundo outros trabalhadores, o local estava encharcado por causa das últimas chuvas. Os homens trabalhavam em uma parte baixa da obra quando cinco metros do muro vieram abaixo. 

Quatro trabalhadores ficaram soterrados por quase trinta minutos. Dois deles, os bombeiros conseguiram retirar com vida. Eles tiveram de serrar vergalhões de aço que estavam sobre os homens. Os corpos dos que já foram resgatados sem vida foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Campinas. 

No início da tarde, o estado da vítima levada ao hospital da Unicamp era estável. Os outros dois feridos estavam fora de risco. A obra, que tinha alvará da prefeitura, foi embargada para apuração das causas do desmoronamento.

Tudo o que sabemos sobre:
Campinasacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.