José Patrício/AE
José Patrício/AE

Quatro suspeitos por arrastões em restaurantes de SP são detidos

Polícia prendeu dois homens e apreendeu dois adolescentes; mais de 10 estabelecimentos foram roubados

Priscila Trindade, Central de Notícias, com Jornal da Tarde

18 Março 2011 | 12h51

SÃO PAULO - A Polícia Civil deteve, no início da noite de quinta-feira, quatro suspeitos - dois homens e dois adolescentes - de integrarem a quadrilha que vem fazendo arrastões em restaurantes da Vila Madalena e Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. O bando também seria responsável por roubar um café na região do Ipiranga, na zona sul.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), três deles foram detidos no Morumbi e o outro foi preso no centro da cidade. Todos foram reconhecidos por algumas das vítimas dos crimes.

 

Na quarta-feira, a polícia divulgou o retrato falado de um dos criminosos, o líder do grupo, baseado em descrição feita por uma testemunha de um dos oito assaltos registrados entre fevereiro e março. O mesmo assaltante aparece nas imagens captadas por circuito de câmeras na Rua Francisco Leitão, onde um estabelecimento sofreu arrastão.

 

Desde fevereiro, uma série de roubos foram registrados em restaurantes da zona oeste. O primeiro caso foi registrado no dia 2, a Rua Mourato Coelho, na Vila Madalena. No dia seguinte, um grupo assaltou um restaurante japonês na Rua Mateus Grou, em Pinheiros. Outros dois arrastões aconteceram na semana passada, um na Rua Francisco Leitão, no mesmo bairro, e outro na Rua Jericó, na Vila Madalena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.