Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Quatro secretarias já planejam inspeção veicular

Ao menos quatro Estados trabalham para criar programas de inspeção veicular para toda a sua frota registrada. É o caso do Pará, de Santa Catarina, de Goiás e do Rio Grande do Sul.

, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

Eles deverão estar funcionando até 2012, segundo prazo do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama). A tendência é que sejam cobradas taxas dos usuários como ocorre hoje na cidade de São Paulo, onde a inspeção é realizada desde 2008.

Santa Catarina começará pelos veículos mais novos. No Rio Grande do Sul, o teste será gradual. A estratégia é iniciar a inspeção em 2012 na região metropolitana de Porto Alegre e, até 2014, ampliar o trabalho para todo o Estado. Há 4,6 milhões de veículos no Estado, segundo dados de agosto do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). No País, são 62,7 milhões.

Para o secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Rio Grande do Sul, Roberto Freire, trata-se de uma questão de isonomia a implementação para toda a frota registrada no Estado, sem privilegiar regiões.

Em São Paulo, o projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa afirma que a frota alvo da inspeção será definida por regulamentação posterior. O Estado ainda estuda se adotará a inspeção para toda a frota.

Parcial. Outros Estados vão apostar inicialmente em inspecionar determinados tipos de veículos. Minas Gerais, por exemplo, começará com os veículos a diesel. O mesmo ocorrerá em Sergipe, onde os veículos de Aracaju serão os primeiros. No Amazonas, a inspeção vai estrear em Manaus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.