Quatro são mortos na 21ª chacina do ano em São Paulo

Os jovens eram do Itaim Paulista, zona leste da cidade

Ricardo Valota e Daniela do Canto,

29 de novembro de 2008 | 04h36

Quatro jovens foram baleados, no início da madrugada deste sábado, no momento em que conversavam numa praça, no final da rua Eurides Fernandes do Nascimento, no Jardim Silva Teles, região central do Itaim Paulista, no extremo leste da cidade de São Paulo. Policiais militares da 3ª Companhia do 29º Batalhão foram acionados por moradores da região que ouviram pelo menos 12 disparos de arma de fogo e, quando chegaram ao local, encontraram as vítimas caídas no chão. Unidades de resgate dos bombeiros foram solicitadas, mas os quatro jovens já estavam mortos. Duas das vítimas não portavam documentos. Uma delas, segundo moradores da região, seria um adolescente, de prenome Felipe, de 16 anos. As outras duas são: Mauri Paulo Borges, de 19 anos, e Thiago Bruno Almeida dos Santos, de 22 anos. Segundo o que a polícia apurou até o momento entre os moradores do bairro, esses quatro jovens eram freqüentadores da praça e usariam o local para vender drogas, o que leva a polícia a trabalhar com a hipótese de crime de acerto de contas. Ainda não há informações sobre quantos eram os atiradores. O caso está sendo registrado no 59º Distrito Policial, do Jardim dos Ipês. Essa é a 21ª chacina deste ano na região metropolitana de São Paulo; sendo nove na capital e 12 na Grande São Paulo, com um total de 71 mortos.

Tudo o que sabemos sobre:
chacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.