Quatro são detidos por executar três pessoas em hospital de Aracaju

Quatro homens foram presos, acusados de participar do assassinato de três pessoas no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju, na noite de sexta-feira. Foram detidos o tenente da Polícia Militar Genilson Alves de Souza, o soldado Jean Alves de Souza, Ginaldo Alves de Souza, e o agente de medidas socioeducativas Ralf Souza Monteiro - respectivamente, irmãos e sobrinho do tenente. Eles são apontados como responsáveis pela morte de Márcio Alberto Silva Santos, de 30 anos, Cledson dos Santos, de 21, e Adalberto Santos Silva.

O Estado de S.Paulo

01 de maio de 2012 | 03h03

O motivo do crime teria sido vingança pela morte do irmão do tenente da PM, Jailson Alves de Souza, em uma troca de tiros, no bairro Santa Gleide, zona oeste da capital, após o roubo da moto do policial. No entanto, a polícia ainda investiga se Márcio Alberto e Cledson realmente participaram do tiroteio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.