Quatro pescadores permanecem internados no Rio

Dois dos seis pescadores capixabas que passaram 22 dias à deriva em alto-mar receberam alta na manhã de ontem, mas um deles teve de voltar ao hospital no mesmo dia, para complementar exames. Entre os quatro que estão internados, dois foram diagnosticados com insuficiência renal, provocada pela desidratação: o mestre do barco Witamar III, Zenildo de Oliveira Pacheco, de 31 anos, e José Cláudio da Conceição Sacramento, de 33.

Bruno Boghossian, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2011 | 00h00

"Estou me sentindo melhor", disse Cristiano Pereira de Souza, que teve alta. Ele conta que o momento mais difícil foi o do resgate, quando o barco começou a afundar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.