Quatro perguntas para...

Fernanda Meirelles Ferreira

/ ADRIANA FERRAZ, O Estado de S.Paulo

26 Setembro 2012 | 03h10

1. Qual é a nota dada pelos paulistanos aos serviços de água e esgoto? Estudo recente da Arsesp aponta que, em relação ao serviço de abastecimento de água, 80,5% estão satisfeitos ou muito satisfeitos (notas 4 e 5, respectivamente - em uma escala de 0 a 5). No serviço de esgotamento sanitário, a satisfação é de 62,4%.

2. Qual área da capital está mais satisfeita?

Com relação à água, a região mais satisfeita é a zona norte, com um índice de 85,7% de satisfação. Em seguida, vêm as zonas oeste (81,8%), central (81,7%), sul (76,7%) e leste (76,6%). Para o serviço de esgoto, a mais satisfeita é a oeste (76,4%), seguidas das zonas norte (61%), leste (60,1%), sul (59%) e central (45,9%).

3. Essas médias são boas? Sim, mas há espaço para melhorar. Por exemplo, dentro do universo da pesquisa (45 mil usuários residenciais), 27% disseram ter ficado sem água no Estado nos últimos seis meses, o que significa que ao menos seis milhões de pessoas ficaram sem usufruir de um bem de primeira necessidade.

4. Quais são as principais reclamações? O aspecto que recebeu a pior avaliação foi o serviço de tapa-buraco, decorrente de obras em vias públicas. Os motivos que mais levam os usuários a procurar a concessionária e a Arsesp são reclamações por falta d'água, seguidas de vazamento de esgoto e água.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.