Quatro menores são pegos depois de tentar assaltar bar

Dono do estabelecimento foi agredido com uma cadeira e levou 12 pontos na cabeça; grupo, com duas meninas, de 14 e 15 anos, e dois adolescentes de 17 foi perseguido e apreendido pela polícia

Clarice Cudischevitch, O Estado de S. Paulo

17 Maio 2013 | 08h23

SÃO PAULO - Um comerciante ficou ferido após uma tentativa de roubo a um bar por quatro adolescentes, incluindo duas meninas, em Itaquera, na zona leste. Segundo o delegado Igor Vilhora Noya, do 24º DP (Ponte Rasa), onde o caso foi registrado, as meninas, de 14 e 15 anos, entraram no bar Red Label, na Rua Padre Gregório Mafra, e fizeram algumas compras.

Em seguida, elas saíram em um carro, com o qual circularam pela região, enquanto outros dois adolescentes de 17 anos entraram no bar e anunciaram o assalto. Eles estavam armados com um revólver de calibre 32.

O dono do bar, Evandro de Oliveira, reagiu e entrou em luta corporal com os assaltantes, que chegaram a fazer um disparo que não atingiu ninguém, mas o comerciante foi agredido na cabeça com um banco. Ele chegou a ir para o hospital e levou 12 pontos na cabeça.

Os adolescentes entraram no carro que estava com as duas meninas e fugiram sem levar nada. No caminho, passaram por uma viatura da Polícia Militar, que perseguiu os adolescentes de Itaquera a Guaianazes, onde o veículo foi cercado.

Os jovens foram levados para a delegacia e foram encaminhados à Fundação Casa.

Mais conteúdo sobre:
assalto bar, zona leste red label

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.