Quatorze casas são demolidas em Sorocaba após reintegração de posse

Moradores alegavam terem comprado lotes no local havia mais de dez anos

José Maria Tomazela,

21 de fevereiro de 2013 | 16h30

SOROCABA - Cerca de 180 moradores que ocupavam uma área particular foram despejados nesta quinta-feira no bairro Iporanga, zona norte de Sorocaba, a 92 km de São Paulo. As 14 unidades, entre casas de alvenaria e barracos, onde moravam as 15 famílias foram demolidas. O despejo foi determinado pela justiça em ação de reintegração de posse movida pela empresa Nova Pirâmide Empreendimentos, dona do terreno. Forças da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal, além do Conselho Tutelar, acompanharam o despejo e as demolições. A maior parte das famílias não tinha para onde ir e foi encaminhada para um abrigo municipal.

Os moradores alegavam terem comprado lotes no local havia mais de dez anos. Muitos exibiam documentos e escrituras, mas a Justiça reconheceu a titularidade da empresa sobre o imóvel. De acordo com a empresa, os ocupantes foram intimados para deixarem o local de forma voluntária, mas não o fizeram no prazo dado pela Justiça. Os moradores falavam em resistir à desocupação, mas não o fizeram. O despejo foi realizado sem incidentes. Os pertences foram recolhidos e levados para um depósito.

Tudo o que sabemos sobre:
Sorocababarracosreintegração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.