Quase 2 milhões de veículos devem deixar SP no feriado da Independência

Agentes da CET vão monitorar o trânsito na saída da capital a partir de quinta-feira, 6

estadão.com.br,

05 Setembro 2012 | 16h34

Texto atualizado às 23h08.

SÃO PAULO - Cerca de 1,8 milhão de veículos devem deixar a capital paulista entre sexta-feira, 7, e domingo, 9, em função do feriado de comemoração da Independência do Brasil.

A "Operação Estrada" da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que visa o monitoramento da saída da capital, tem início ainda na tarde desta próxima quinta-feira, 6, e intensifica ao longo da manhã e tarde da sexta. A companhia também monitora o retorno à cidade entre a tarde do domingo, 9, e a manhã de segunda, 10.

 

 

Castelo-Raposo. Aproximadamente 495 mil veículos devem circular pelos dois sentidos do Sistema Castello-Raposo, entre os dias 6 e 9 de setembro. A "Operação Feriado", realizada pela concessionária que administra a via, a CCR ViaOeste, começa à 0h de sexta e se estende até à 0h da segunda, 10. Todas as obras que causam interferência no tráfego, seja como desvios ou interdições, serão suspensas até às 12h da próxima quinta.

Segundo a companhia, o motorista deve evitar transitar no sistema entre 16h e 23h de quinta e das 7h às 15h de sexta. No retorno para a capital, a previsão é que haja congestionamento nas rodovias entre 16h e 22h de domingo.

O motorista pode entrar em contato com a concessionária para auxílios mecânicos ou para informações sobre o tráfego no número (11) 4136-6101.

Ayrton Senna-Carvalho Pinto. A Ecopistas, concessionária que administra as rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, estima que mais de 200 mil veículos devam deixar São Paulo e passar pela praça de pedágio de Itaquaquecetuba. Já para ir e voltar da região serrana de Campos do Jordão, Litoral Norte e Vale do Paraíba, a expectativa é de 770 mil veículos.

Segundo a concessionária, o tráfego deverá se intensificar a partir das 16h de quinta. Na sexta, a previsão é de congestionamento entre 7h e 12h. Já, no retorno, a previsão de maior movimento é para o domingo, das 15h às 22h.

Em caso de emergência, os motoristas devem solicitar o auxílio da Ecopistas por meio do telefone gratuito 0800-7770070, ou pelo twitter: @ecopistas.

Dutra. A Via Dutra também tem operação especial de atendimento aos motoristas no feriado da Independência. De acordo com a concessionária, Nova Dutra, cerca de 162 mil veículos devem passar pela rodovia na saída da capital. O monitoramento começa na tarde de quinta e segue até as 23h de domingo.

A concessionária prevê que o tráfego na Via Dutra pode ficar intenso entre 16h e 22h da quinta e entre 8h e 14h de sexta, durante a saída para o feriado. O retorno para a capital será intenso entre as 16h e 20h do domingo.

Anchieta-Imigrantes. A Ecovias, concessionária que administra as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes, espera que possam passar pelas vias, no sentido baixada santista, cerca de 215 e até 365 mil veículos durante o feriado.

A Operação Descida (7x3) será implantada na quinta, a partir das 13h, e seguirá até 20h de sexta. A Operação Volta a ser implantada às 8h de sábado e permanece ativa até as 12h. Nessa operação, os veículos com destino ao litoral podem utilizar as duas pistas da Anchieta e a pista Sul da Imigrantes. A subida é feita pela pista norte da Imigrantes.

A Ecovias espera que as rodovias tenham aumento no tráfego de veículos entre as 13h e 20h de quinta, 16h e 24h de sexta e, no retorno à capital, das 15h às 22h de domingo.

Régis Bittencourt. A Autopista Régis Bittencourt fará uma operação especial para a BR-116 SP/PR, com recursos operacionais extras e esquema de tráfego para a descida e subida da Serra do Cafezal - na região de Miracatu, em São Paulo. A operação começa às 12h de quinta e segue até à 0h de domingo. Devido à operação, está restrita a passagem de cargas especiais (veículos pesados superdimensionados) pela Régis. A concessionária não informou quantos veículos devem passar pela rodovia durante o feriado.

Os horários com maior índice de congestionamento na rodovia são calculados entre as 16h e 22h de quinta, 6h e 14h de sexta e das 15h às 22h de domingo.

Anhanguera-Bandeirantes. A CCR AutoBAn prevê a circulação de aproximadamente 660 mil veículos, entre saída e chegada da capital, pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes durante o feriado da Independência.

Em direção ao interior, os motoristas devem evitar os horários de pico do tráfego, entre 16h e 20h na quinta e das 8h às 13h de sexta. Para o retorno à São Paulo, a maior concentração de veículos está prevista para o horário entre 13h e 21h de domingo.

Atenção. Na altura de Louveira, o motorista deve redobrar a atenção na Anhanguera por causa das obras da terceira faixa, entre os km 62 e 71.

Na SP-340, que liga a região de Campinas ao sul de Minas Gerais e ao Circuito das Águas paulista, a concessionária Renovias colocou carros destruídos que se envolveram em acidentes graves e manequins para simular o resultado das colisões, no canteiro central da rodovia.

O motorista que pegar a Régis Bittencourt, principal ligação de São Paulo com o Sul, encontrará sete pontos em obras. Na Serra do Cafezal, trecho de pista simples entre Juquitiba e Miracatu, a Polícia Rodoviária Federal vai liberar o acostamento e instalar faixas reversíveis.

Campos de Jordão. O último feriado da temporada de inverno deve encerrar com a marca de 1,2 milhão de turistas em Campos do Jordão, representando um aumento de 10% no número de visitantes, comparado com o ano passado. Para o feriado, a classe hoteleira espera 80% de ocupação. Quem for até lá de carro, porém, deve ficar atento às obras de recapeamento na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro.

Mais conteúdo sobre:
trânsitoferiadoestradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.