Quase 2 milhões de carros devem sair de SP no Natal

Estradas devem receber mais de 3 milhões de veículos; Mogi-Bertioga segue fechada até réveillon

Fabiana Marchezi, Central de Notícias

23 de dezembro de 2009 | 12h43

Cerca de 1,8 milhão de veículos devem deixar a capital paulista rumo ao litoral e ao interior do Estado entre os dias 23 e 28 de dezembro, feriado prolongado de Natal. Por isso, neste período, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai implantar a Operação Estrada para garantir a fluidez do tráfego e a mobilidade dos motoristas e pedestres, devido ao intenso aumento do fluxo de veículos, especialmente nos acessos das rodovias.

 

Veja também:

blog Acompanhe a situação do trânsito no blog

linkMetrô de SP tem operação especial para o fim de ano

linkConfira o que abre e o que fecha durante o Natal em SP

 

Segundo o órgão de trânsito, os motoristas devem evitar pegar a estrada na tarde de quarta-feira e nos períodos da manhã e da tarde de quinta-feira. Para voltar à capital paulista, o motorista deve evitar a manhã e a tarde de domingo e a manhã de segunda-feira. O trânsito nas regiões próximas aos terminais rodoviários Tietê, Barra Funda e Jabaquara também será monitorado.

 

Mogi-Bertioga

 

O trânsito pela rodovia Mogi-Bertioga só deve ser liberada ao tráfego de veículos depois do Natal. A estrada está interditada há 15 dias, quando as fortes chuvas provocaram um desmoronamento e a queda de uma rocha de 50 toneladas no meio da pista, no km 81. As obras para a construção de um muro de contenção só começaram anteontem. Para ir ao litoral norte, o motorista precisará nesta semana usar as Rodovias Anchieta e Imigrantes ou a dos Tamoios, aumentando o trajeto em cerca de 100 km.

Na Mogi, a construtora responsável pela obra acredita que a estrada esteja liberada para o réveillon. "Para o Natal, não tem condições", disse o engenheiro Luiz Mário Borges, da M. Costa Engenharia. Segundo ele, a maior dificuldade foi encontrar a melhor solução para a construção do muro. Com a interdição da estrada, a Ecovias, que administra o sistema Anchieta-Imigrantes, considera que ainda será possível absorver os veículos que circulariam pela Mogi-Bertioga. A estimativa é de que o fluxo aumente em até 5%.

 

Estradas

 

A Secretaria Estadual dos Transportes prevê que cerca de 3 milhões de veículos deverão passar pelas estradas paulistas durante os dias 23 e 27 de dezembro. É estimada a passagem de até 490 mil veículos no sistema Anchieta-Imigrantes; até 680 mil, no sistema Anhanguera-Bandeirantes; outros 420 mil no Castelo-Raposo. Pela Dutra, outros 400 mil deverão rodar durante este feriadão. Para o motorista que pretende viajar, o recomendado é que evite o horário entre 16h e 21h desta quarta-feira e das 7h às 13h de quinta, assim como também o das 16h e 22h de domingo, na volta do feriado.

 

Rodízio e trânsito na capital

 

Por causa do baixo fluxo de carros durante o período festivo em São Paulo, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai suspender a montagem de faixas reversíveis nas principais vias da cidade. Desde a manhã desta quarta-feira, 23, também foi suspenso o rodízio de veículos na capital paulista.

 

A Radial Leste, o corredor da Ponte das Bandeiras - Av. Tiradentes - Av. Santos Dumont, a Ponte dos Remédios, a Ponte do Piqueri, a Av. Luís Dumont Vilares e as avenidas Giovanni Gronchi e Morumbi terão o trânsito reversível desativado a partir desta quinta-feira, 24. O serviço só volta a funcionar no dia 4 de janeiro. O rodízio de veículos volta uma semana depois, no dia 11.

 

(Com Marcela Spinosa e Naiana Oscar, do Jornal da Tarde)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.