Quarteto realiza assaltos, atira contra vítima e acaba preso

Entre o grupo, há três adolescentes; bandidos assaltaram uma padaria e um posto de gasolina na zona leste

Daniela do Canto, Paulo Maciel e Ricardo Valota, Central de Notícias

11 Março 2009 | 03h03

Quatro bandidos, entre eles três adolescentes, foram detidos, por volta das 20 horas de terça-feira, 10, após assaltarem uma padaria e um posto de combustíveis na zona leste de São Paulo. Armados com um revólver calibre 32 e ocupando um Fiat Siena, roubado no último dia 7 no bairro de Cidade Líder, também na zona leste, Jesse Matias da Silva, 19, e os adolescentes, dois de 17 e um de 15, atacaram primeiro uma panificadora na Avenida Barreira Grande, no bairro de Vila Rica. Após roubar uma certa quantia em dinheiro, o quarteto seguiu até um posto de combustíveis na Avenida Aricanduva, onde realizaram outro assalto. Na fuga, um dos criminosos atirou contra o frentista O.J.A., 50, atingindo em uma das pernas. Levado ao pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, o funcionário do posto passa bem. PMs já haviam sido acionados após uma ligação feita ao 190 e localizaram o Fiat Siena na Rua Nova Brasília, onde teve início a perseguição, que só terminou na Avenida Arraias do Araguaia. O criminoso que estava ao volante perdeu a direção e bateu o veículo na mureta central da avenida. Sem reagir, o quarteto se entregou e foi encaminhado ao 41º Distrito Policial(Vila Rica). Uma das vítimas da quadrilha afirmou aos policiais militares que dois dos assaltantes estavam armados, mas somente uma arma, o revólver calibre 32, foi encontrado com os criminosos. Com o grupo, a PM recuperou R$ 261,00, valor recolhido pelos bandidos nos dois assaltos.

Mais conteúdo sobre:
assaltoperseguiçãopolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.