Quarteto encapuzado atira contra 7 em bar da zona leste de SP

Causas do ataque ainda são investigadas, mas parte das vítimas pode estar envolvida com o tráfico de drogas

Daniela do Canto e Ricardo Valota, Central de Notícias

29 de julho de 2009 | 02h34

A ação de um grupo armado, no início da madrugada desta quarta-feira, 29, deixou um saldo de, por enquanto, dois mortos e cinco feridos, em frente a um bar no bairro de Cangaíba, zona leste de São Paulo.

 

Segundo parte das informações apuradas por policiais militares no local do crime, quatro desconhecidos, encapuzados, chegaram em duas motos e começaram a atirar contra os frequentadores do local.

 

Sete homens, todos maiores de idade, foram baleados e um deles, identificado como Murilo Matias da Silva, de 21 anos, morreu no local. Os outros foram levados por equipes da PM para o pronto-socorro Ermelino Matarazzo, onde André dos Santos Lobato, de 27 anos, também morreu. Dos feridos, três passaram por cirurgias e permanecem internados, em estado grave. Os outros dois estão fora de perigo.

 

Os atiradores fugiram e ainda não foram identificados. No local do crime, policiais militares da 3ª Companhia do 2º Batalhão encontraram várias cápsulas de pistolas. O caso foi registrado no 24º Distrito Policial, de Ermelino Matarazzo, e será investigado pelo Departamento de Homicídios. Acredita-se que o crime possa ter relação com o tráfico de drogas.

 

Texto atualizado às 02h58.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.